Eventos10

Novo jogo do FallSensing testado por idosos

IMG_0404

No passado dia 11 de Julho, o Fraunhofer AICOS recebeu um grupo de idosos de um centro de dia em Abiúl, próximo de Pombal, na região centro de Portugal. Os investigadores do projecto FallSensing organizaram alguns testes para o novo jogo de exercício físico e o COLABORAR convidou a Fundação Dr. José Lourenço Júnior para experimentar o jogo.

As actividades na Fraunhofer incluíram a visita às nossas instalações. Os idosos viram as nossas áreas de trabalho com muitos computadores. Depois, foram para o Software Lab, o laboratório que usamos frequentemente para realizar testes com utilizadores. A vista do escritório encantou os nossos convidados, pois temos espaços abertos com janelas largas, de onde vemos algumas faculdades e centros de investigação e também um dos maiores hospitais do país.

IMG_0383

O novo jogo é fácil, divertido e promove o treino físico para prevenção de quedas; está desenhado para ser jogado em grupos de três. Os exercícios necessários para jogar este jogo são baseados num programa de prevenção de quedas certificado. Os seniores do centro de dia foram divididas em grupos para jogar o jogo. Podemos dizer, pelos sorrisos, que os nossos convidados gostaram bastante do jogo. Esta actividade é mesmo divertida para os seniores! Para além disso, os investigadores testaram, assim, a plataforma que tem como objectivo possibilitar a implementação de programas de prevenção de quedas para indivíduos a partir dos 50 anos de idade. O já tão conhecido jogo cognitivo para tablet da Fraunhofer chamado “CogniPlay” esteve também disponível para os idosos, que se divertiram a jogar, entre chá, sumo e bolinhos.

Estamos felizes por receber no Fraunhofer AICOS utilizadores finais que deram um importante contributo para o estudo. E estamos contentes por proporcionar, aos idosos de Abiúl, um dia diferente e feliz.

IMG_0350

O COLABORAR celebra o seu 5.º aniversário

img_8686

O tempo passa tão depressa! Há cinco anos atrás, quando iniciámos o projecto COLABORAR, estávamos longe de imaginar o quanto o projecto iria crescer, desenvolver-se e transformar-se.

As actividades do projecto começaram no Outono de 2011, com o contacto a instituições para fazerem parte de um projecto inovador que visava criar uma rede de utilizadores seniores para participarem em estudos de investigação sobre tecnologia. Para muitos, seniores e tecnologia não pareciam combinar. Naquela altura, os smartphones e os tablets ainda não estavam tão difundidos como estão actualmente. Felizmente, muitas instituições aceitaram o desafio e mostraram-se até entusiasmadas com a ideia de verem os seniores a interagir com tecnologia.

img_8808

Tem sido uma óptima experiência tanto para os investigadores como para os seniores. Vêmo-los tornarem-se experientes com interfaces de toque, a participar em conversas sobre tecnologia e a usar as novas tecnologias para comunicar com familiares que vivem longe. Para nosso contentamento, participam nos nossos estudos de investigação porque sentem que são uma parte importante do processo de construção de boas soluções para os idosos do futuro. Os dados que recolhemos com a ajuda de todos eles são importantes para os investigadores e enriquecem muito os nossos estudos.

img_8669 img_8721

Celebrámos o aniversário do projecto com um evento nas instalações da Fraunhofer. Chamamos-lhe Dia de Laboratório Aberto, no qual recebemos os profissionais e os utentes dos Centros de Dia/Convívio para tomarem um chá, comerem uns bolinhos  e jogarem uns jogos connosco. Este ano não foi excepção e convidámos dois Centros de Dia/Convívio. Os preparativos começaram com as decorações do nosso Laboratório de Software, o espaço que usamos para demonstrar os projectos. Cada ano fazemos decorações diferentes.  Colocámos os tablets na mesa que usámos para jogar o CogniPlay, a plataforma do Fraunhofer AICOS de jogos cognitivos, desenhados para estimular a memória dos seniores. Depois, mostrámos aos nossos convidados como tirar fotografias e selfies com os tablets. Pudemos ver que se divertiram bastante a tirar selfies. Estão verdadeiras obras de arte!

Estamos muito felizes por poder proporcionar um dia especial e com muita animação aos voluntários seniores!

img_8739 img_8816

Para quem nos acompanha à distância, preparámos um quiz para vos desafiar. Experimentem o Quiz do COLABORAR que disponibilizamos aqui (os mais atentos ao nosso blog certamente já conhecem) e divirtam-se enquanto respondem a questões sobre tecnologia.

 

COLABORAR no Festival LisBoa IDADE: celebrações do Dia Internacional do Idoso

img_20161001_161808

O COLABORAR participou nas celebrações do Dia Internacional das Pessoas Idosas em Lisboa, a capital de Portugal. O Município de Lisboa organizou um grande evento que teve lugar no Jardim da Estrela, de 30 de Setembro a 3 de Outubro, o “Festival LisBoa IDADE – uma cidade com direitos para todas as idades“.

Foram quatro dias de actividades para seniores: mercado de alimentação saudável, cozinha ao vivo, ginástica, rastreios cardiovasculares, apresentações e workshops de ervas aromáticas e voluntariado sénior, para nomear apenas alguns. O Jardim da Estrela acolheu famílias inteiras com actividades como peddy papers, espectáculos de artes, caminhadas e workshops de tricô e de aprender a andar de bicicleta e também ateliês de pintura.

O Fraunhofer AICOS partilhou o stand com a Santa Casa da Misericórdia de Lisboa e realizou demonstrações de projectos relacionados com a prevenção de quedas, jogos de estimulação cognitiva, gestão de doenças crónicas, nomeadamente doença cardíaca, e detecção de riscos, particularmente, Melanoma. Demonstrámos os projectos FCC – Avaliação de Risco de Queda, ExerGames, CogniPlay, SmartBEAT e Melanoma Detection. Ouvimos opiniões muito positivas dos visitantes, que expressaram o seu entusiamo por verem que podemos usar smartphones para prevenir doenças. Uma vez mais, o ExerGames do Fraunhofer AICOS fez muito sucesso entre os seniores e as crianças!

img_20161001_122742

O director do Fraunhofer AICOS, Pedro Almeida, fez uma apresentação sobre o centro de investigação e as principais áreas de Investigação e Desenvolvimento (I&D) e depois contextualizou os projectos que esivemos a demonstrar. O Maximiliano Romero, investigador sénior do Fraunhofer AICOS, participou nas “Conversas rápidas“, um espaço de debate, com o tema “Metodologias de Investigação em projectos de inovação tecnológica”, que foi muito útil para dar a conhecer o nosso trabalho no âmbito de projectos de I&D. Ele explicou alguns princípios básicos de inclusão de seniores em estudos de investigação sobre tecnologia.

Sentimo-nos muito honrados por podermos participar na primeira edição do Festival LisBoa IDADE e fazer parte desta iniciativa que proporcionou ao público de todas as idades muitos momentos de diversão e deu a conhecer várias formas de os seniores se manterem activos e saudáveis por muito tempo.

20161003_105558

ExerGames e Active@Home no Seminário do Dia do Idoso em Pombal

5 9

O cientista António Santos do Fraunhofer Portugal AICOS viajou até Abiúl, uma freguesia próxima de Pombal, para apresentar os projectos ExerGames e Active@Home no Seminário “Envelhecimento + Activo e Saudável”.

O evento foi organizado pela Fundação Dr. José Lourenço Júnior, uma estrutura residencial e centro de dia para idosos, com o apoio do Município de Pombal e da Junta de Freguesia de Abiúl. O seminário decorreu no dia 3 de Outubro, inserido nas celebrações do Dia Internacional do Idoso.

As apresentações foram organizadas em 3 painéis com os seguintes temas: Actividade Física e Nutrição, Desafios para um Envelhecimento Saudável e “Sou Sénior…E agora?”. Os oradores convidados falaram de vários assuntos relacionados com o envelhecimento e sobre os desafios para todos nós enquanto sociedade. Para além disso, deram vários exemplos práticos de como manter-se activo e saudável na Terceira Idade.

O ExerGames e o Active@Home receberam muitos comentários positivos  da audiência, que nos congratulou pelo conceito inovador de juntar jogos interactivos e exercícios para os seniores!

Nota: Agradecemos à Fundação Dr. José Lourenço Júnior pelas imagens que gentilmente nos cedeu.

O vídeo do Workshop de estudantes de mestrado 2016

Pode ver em baixo o vídeo da Fraunhofer sobre o Workshop de Estudantes de Mestrado 2016, no qual são mostrados os melhores momentos deste evento.  O workshop foi organizado para os estudantes apresentarem os seus trabalhos. Neste vídeo, pode também descobrir o que têm a dizer os estudantes de mestrado do ano passado acerca da experiência de desenvolverem as suas teses no Fraunhofer AICOS.

Workshop de estudantes de Mestrado 2016

IMG_7982

Como já é tradição, os estudantes apresentaram as suas teses desenvolvidas na Fraunhofer Portugal.

Todos os anos, o Fraunhofer AICOS recebe estudantes finalistas – maioritariamente de cursos de Engenharia – e oferece-lhes a oportunidade de serem integrados em equipas de investigação. Desta forma, podem desenvolver o seu trabalho sobre a temática que escolheram, tendo a orientação de cientistas experientes. Para além disso, tendo em conta que a Fraunhofer faz investigação de utilidade prática e com estreita colaboração com a indústria, há uma grande possibilidade de o seu trabalho contribuir para melhorar a qualidade de vida de muitas pessoas idosas, pessoas com deficiências e incapacidades e de cuidadores (formais e informais).

Os temas foram diversos e focados na Prevenção de Quedas e Monitorização da Actividade Física, Gestão de Doenças Crónicas e Bem-estar, Ambientes Assistidos e Tecnologias de Informação e Comunicação para o Desenvolvimento.

Damos os Parabéns a todos eles pelo bom trabalho que desenvolveram!

IMG_8003

Workshop do COLABORAR: reunião com as instituições da rede

IMG_7891

As instituições parceiras do COLABORAR do Porto reuniram-se no Fraunhofer AICOS para discutir vários assuntos relacionados com os seniores e com a parceria que temos.

Recebêmo-los no nosso Software Lab e esta reunião teve como propósito proporcionar uma oportunidade de conhecer as nossa instalações e reunir com os técnicos e directores dos centros de dia e de convívio, de serviços de apoio domiciliário e juntas de freguesia. Estiveram reunidos connosco diferentes profissionais que trabalham com seniores: educadores sociais, assistentes sociais, sociólogos e uma enfermeira.

Apesar de passarmos muito tempo nos centros, nunca tínhamos tido a iniciativa de reunir com todos na Fraunhofer e escutar as suas percepções acerca do nosso trabalho com os seniores, assim  como os aspectos positivos e negativos da parceria.

Alguns dados estatísticos extraídos dos questionários do COLABORAR foram apresentados. Apresentámos também alguns projectos da Fraunhofer já finalizados. Transmitimos aos profissionais que eles podem sempre falar connosco acerca das necessidades que identificam no terreno, uma vez que conhecem tão bem os seniores, as suas condições e até mesmo os problemas que enfrentam. Esta reunião foi também uma oportunidade para os profissionais se conhecerem e trocarem contactos.

Finalmente, na agenda estavam fotos do evento e um vídeo!

IMG_7854 IMG_7848 IMG_7841

Tese apresentada em prestigiada conferência internacional

pHealth2016

No ano passado demos a conhecer a Tese de Mestrado KneeGraphy – Classificação de artropatia do joelho através de vibrografia baseada num acelerómetro. Agora, estamos contentes por partilhar convosco que o Dinis Moreira, o estudante que realizou esta tese, apresentou o seu trabalho numa prestigiada conferência internacional.

Este tópico foi apresentado no pHealth2016, a “13.ª Conferência Internacional em Wearables (dispositivos de usar junto ao corpo), Micro e & Nano Tecnologias para uma Saúde Personalizada”, na Grécia, de 29 a 31 de Maio. O sistema, baseado num acelerómetro para aquisição de dados, permite a detecção e avaliação de Osteoartrite do joelho, uma condição que afecta muitos seniores. A diferenciação entre um joelho patológico de um joelho não-patológico é feita através de sensores, o que constitui uma inovação no diagnóstico de Osteoartrite, por ser um método não invasivo.

O sistema foi inicialmente testado por alguns voluntários seniores que fazem parte da rede de utilizadores COLABORAR. O projecto continuou em desenvolvimento no Fraunhofer AICOS e mais tarde vários doentes de um hospital do Porto foram avaliados com este sistema. Os resultados dos testes de validação mostram boa eficiência na diferenciação de joelhos com Osteoartrite de joelhos não afectados. Não poderíamos deixar de partilhar esta notícia, pois achamos que as pessoas que colaboraram nos testes vão gostar de saber do sucesso do projecto. Agradecemos uma vez mais a ajuda que nos deram!

Muitos Parabéns pelo bom trabalho, Dinis!

Foto: Fraunhofer Portugal.

 

Participação na Feira da Família – Gaia + Saudável

IMG_20160528_180825

No passado fim-de-semana, o Fraunhofer AICOS participou na “Feira da Família – Gaia + Saudável”. Fomos convidados pela CliniCuidados, uma instituição parceira do COLABORAR, para apresentar o ExerGames. O evento foi organizado pela CCSaúde, foi patrocinado pela Câmara Municipal de Gaia, e decorreu no Centro Cívico de Gaia, em Vila Nova de Gaia.

O Fraunhofer AICOS divulgou o ExerGames, os jogos sérios para prevenção de quedas. Os visitantes da feira tiveram a oportunidade de experimentar os jogos e ficar mais despertos para o facto de podermos, no conforto da nossa casa, trabalhar de forma  a reduzir o risco de queda, através do exercício físico guiado por jogos interactivos. O COLABORAR também esteve presente e os visitantes seniores foram convidados a juntar-se à rede de utilizadores.

Este foi um evento para toda a família. Os adultos puderam fazer alguns rastreios de saúde; já os seniores receberam alguns conselhos relacionados com a promoção de hábitos saudáveis e o uso de ajudas técnicas. Para as crianças, houve Homens Aranha, insufláveis, pipocas e doces. E a actuação do Rancho Folclórico foi um momento de alegria para todos!

IMG_20160528_175749

Fraunhofer Portugal apoiou a Hack for Good, uma maratona de programação

entrada do hackathon

A Fraunhofer Portugal é uma das instituições que apoiou a maratona de tecnologia, denominada Hack for Good e organizada pela Fundação Calouste Gulbenkian. Esta maratona de tecnologia teve como objectivo incentivar o desenvolvimento de soluções tecnológicas inovadoras e nesta 1.ª edição, o tema foi “Envelhecimento e vida activa”. A iniciativa teve como finalidade a criação de soluções que respondam aos desafios relacionados com o envelhecimento.

Dentro deste tema, a Fraunhofer Portugal contribuiu para a definição das áreas de trabalho dos grupos: Comunicação e Relações Sociais, Estimulação Cognitiva, Transferência de Conhecimentos e Economia da Partilha, Saúde e Bem-estar, Cuidadores Formais e Informais, Nutrição, Mobilidade e Finanças Pessoais. Além disso, a Frauhofer Portugal produziu materiais de apoio ao desenho de soluções inclusivas que considerem os utilizadores seniores.

A Ana Correia de Barros, da Fraunhofer Portugal, participou como mentora e como membro da equipa de pré-júri nos dois dias do evento, 23 e 24 de Abril, em Lisboa. Como mentora, ajudou os participantes a compreender melhor os desafios daquelas oito áreas, uma vez que na Fraunhofer Portugal trabalhamos em projectos relacionados com estes temas e temos já uma vasta experiência em desenvolver produtos e serviços tecnológicos para os seniores. Como pré-júri, ajudou à selecção das 10 ideias finalistas que foram apresentadas ao júri final.

Os 157 participantes (de um total de cerca de 400 inscrições) dividiram-se em 36 pequenas equipas. Os participantes tinham formação em áreas tão diversas como a Engenharia, as Ciências Sociais e de Saúde, o Design e a Gestão. Esta interdisciplinaridade é uma mais-valia e esta foi uma excelente oportunidade para reunir especialistas em tecnologia e em envelhecimento e colocá-los a trabalhar juntos. Para além disso, os seniores também estiveram presentes e participaram através do importante feedback acerca das ideias geradas, contribuindo, desta forma, para a discussão.

Também houve actividades de entretenimento, workshops e momentos de networking para os participantes. No final do evento, as 10 ideias finalistas foram apresentadas ao júri e os três melhores foram premiados. Os vencedores desenvolveram ideias para: apoio aos cuidadores informais (1.º lugar), incentivo à auto-monitorização de saúde e actividade social através de jogos (2.º lugar) e apoio à auto-gestão da medicação (3.º lugar).

Na sessão de encerramento do evento foram comunicadas duas óptimas notícias: a primeira é que todas as 36 equipas vão poder apresentar os seus projectos e receber mentoria, a segunda é que o Hack for Good vem para ficar! Depois de uma primeira edição tão bem-sucedida, a Fundação Calouste Gulbenkian decidiu que quer repetir a iniciativa.

Que excelente fim-de-semana! O COLABORAR está feliz por a Fraunhofer Portugal ser um parceiro desta maratona tecnológica que pôs a tecnologia ao serviço dos seniores.

grupos a trabalhar vista do espaço do hackathon