Categoria: Entrevistas

Voluntariado científico

Tenha 18 ou 80 anos de idade, faça parte da inovação.

O COLABORAR promove uma abordagem de investigação que junta cientistas e partes interessadas que têm conhecimento sobre um assunto particular. Pode ser na área da assistência social, serviços de saúde, transportes públicos ou planeamento urbano. De acordo com isso, educadores e assistentes sociais, profissionais de saúde, especialistas em envelhecimento e cidadãos são encorajados a envolverem-se em ciência. É tão simples como partilhar necessidades, prioridades e preferências.

As organizações internacionais recomendam este modelo de investigação colaborativo, com o objetivo de melhorar os resultados. Estamos certos de que a nossa investigação tem mais valor porque inclui as preocupações de doentes, profissionais e utilizadores.

Faça parte desta iniciativa e influencie a investigação que fazemos. Molde as tecnologias e os serviços tecnológicos que vai utilizar. A sua opinião é importante. Para participar voluntariamente em investigação, preencha o formulário de contacto.

3000 sessões de investigação e teste com utilizadores

Estamos felizes por ter chegado ao objetivo de 3000 sessões de investigação e teste com utilizadores!

Nos últimos 7 anos e meio, o COLABORAR suportou 3000 atividades de investigação e teste com utilizadores. Recolha de requisitos, entrevistas, diários, testes de protótipos, classificação de cartões, grupos focais, testes de usabilidade presenciais, questionários e estudos-piloto são as atividades realizadas.

A equipa do COLABORAR não poderia estar mais satisfeita. Durante este tempo, aprendemos muitas coisas relacionadas com o recrutamento de pessoas para investigação e teste, assim como sobre a realização de atividades de investigação com utilizadores. Para os próximos anos, esperamos duplicar este número!

Recolha de dados para desenvolvimento de aplicação móvel para psicólogos

Os psicólogos habitualmente recolhem e analisam grandes quantidades de dados dos doentes na sua prática clínica. No Fraunhofer Portugal AICOS, um estudante de engenharia está a desenvolver uma aplicação móvel para apoiar o trabalho de psicólogos.

Sessenta voluntários do COLABORAR deram um importante contributo para a ciência ao participarem numa sessão com um psicólogo. O psicólogo, também voluntário, aplicou alguns métodos e instrumentos para avaliar cada indivíduo.

O estudo recebeu aprovação de uma comissão de ética independente. No final do estudo, os participantes irão receber um relatório individualizado elaborado pelo psicólogo. Muito obrigado a todos os participantes pela gentileza de participarem em investigação! O vosso contributo acrescenta valor à tecnologia, pois são usados dados reais no seu desenvolvimento.

Estamos a reunir com enfermeiros para um projecto relacionado com úlceras de pressão

As úlceras de pressão são um problema complexo que requer a atenção dos profissionais de saúde e dos cuidadores.

A tecnologia pode optimizar o cuidado a estes doentes. Com este objectivo, um novo projecto está em curso no Fraunhofer Portugal AICOS. Este projecto está a ser desenvolvido por uma estudante de mestrado da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto. Doentes, cuidadores, enfermeiros e directores-técnicos de lares para seniores participaram em entrevistas que serão muito importantes para a compreensão deste problema. O COLABORAR deu uma ajuda na organização destas entrevistas.

A análise qualitativa destas entrevistas irá permitir à estudante e à equipa propor uma solução que irá facilitar o cuidado aos doentes com úlceras de pressão.

Voluntários do COLABORAR no Hack for Good Gulbenkian

Os voluntários do COLABORAR deram um importante contributo no Hack for Good Gulbenkian, uma maratona de desenvolvimnento tecnológico com impacto social.

Os nossos voluntários foram as estrelas do evento ao participaram no papel de peritos em tecnologia para seniores. Os jovens concorrentes validaram as suas ideias de projecto com os voluntários, que deram algumas dicas acerca de aspectos úteis que deveriam contemplar, para que os seus projectos tenham impacto no quotidiano dos seniores. Os seus conhecimentos relativamente à tecnologia advêm de um certo gosto individual por tecnologia, do espírito de actualização constante, de um olhar atento às novidades que vão aparecendo e, claro, das suas experiências em participar nas actividades de investigação com tecnologia da Fraunhofer Portugal AICOS.

A participação dos seniores neste evento mereceu destaque nos media – para além das páginas de Facebook do COLABORAR e da Fraunhofer Portugal AICOS – e deixamos aqui uma notícia do jornal online Dinheiro Vivo.

É tempo de trabalho de campo

Os investigadores da Fraunhofer AICOS estão a trabalhar numa nova aplicação que será integrada no sistema SmartCompanion.

Temos na nossa equipa uma estudante da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto. A estudante está a fazer trabalho de campo, nomeadamente entrevistas com seniores, no âmbito da fase de estudos de utilizador. A estudante irá usar a informação recolhida para construir uma aplicação para smartphone e está a aplicar princípios de interacção humano-computador, especificamente para os seniores, uma vez que as interfaces desta app deverão ser simples e fáceis de entender pelo utilizador.

Esperamos testar o protótipo com os voluntários da nossa rede muito brevemente!

 

Pré-teste do questionário do CordonGris

img_3368

Recentemente, os investigadores que trabalham no projecto CordonGris entrevistaram alguns seniores da rede de utilizadores COLABORAR para o pré-teste do guião da entrevista guiada por questionário. Pudemos contar com os voluntários para serem entrevistados acerca dos seus hábitos de alimentação e escolhas nutricionais. As entrevistas finais serão realizadas em Portugal, nos Países Baixos e no Reino Unido.

O nosso obrigado a todos os participantes! O vosso contributo foi muito valioso, pois conseguimos validar o guião de entrevista que será utilizado em três países diferentes.

Novo projecto de investigação: intervenção sobre idosos em risco

IMG_20160330_150101

No Fraunhofer AICOS, os investigadores estão a trabalhar num novo projecto Europeu relacionado com os seniores que têm maior risco de doença física e mental.

“O meu Envelhecimento Activo” (myAHA) é um projecto novo que tem como objectivo intervir ao nível da fragilidade física, cognitiva e social dos seniores. Conhecer os seus hábitos e aspectos relacionados com a sua saúde, nutrição, sono, actividades sociais e passatempos irá permitir aos investigadores desenvolver ferramentas para motivar os seniores a manterem-se activos. O envolvimento dos seniores nestas actividades permitirá reduzir o risco de doença.

Para conhecer ainda melhor as características dos seniores, os investigadores estão a realizar entrevistas a idosos de Centros de Dia e Lares que fazem parte da nossa rede de utilizadores COLABORAR.

O COLABORAR está muito contente por os seniores Portugueses participarem num estudo Europeu que futuramente irá ajudar muitos seniores!

 

Entrevistas para o SousChef

IMG_3440

O project SousChef continua em desenvolvimento no Fraunhofer AICOS.

Os investigadores entrevistaram nutricionistas/dietistas para ficarem a conhecer alguns aspectos a ter em consideração quando se trabalha com seniores no âmbito de planos nutricionais. Depois, entrevistaram os técnicos da área social e os cozinheiros dos centros de dia e lares para idosos que fazem parte da rede de utilizadores COLABORAR. Estes profissionais deram importantes contributos sobre o planeamento de refeições para os seniores e ainda deram exemplos práticos sobre como conciliar as suas preferências e as recomendações de alimentação saudável.

As instituições permitiram-nos também visitar a cozinha e o refeitório, permitindo assim aos investigadores recolher dados importantes sobre o espaço e a organização. Forneceram-nos algumas das suas ementas, que nos parecem ser deliciosas!

Os dados recolhidos através das entrevistas e das observações etnográficas vão certamente ajudar a Fraunhofer Portugal no seu objectivo de apoiar profissionais e seniores.

2000 actividades de investigação

Colaborar_2000_PT

Estamos muito felizes por anunciar que o COLABORAR completou recentemente 2000 actividades de investigação!

Isto representa um grande marco e estamos muito gratos a cada pessoa que contribuiu com o seu tempo e vontade em participar no nosso projecto. O número de actividades é proporcional ao aumento de conhecimento e experiência na área da Interacção Pessoa-Computador. Por conseguinte, cada vez fazemos melhor investigação com e para seniores e os nossos projectos são cada vez mais enriquecidos com estes conhecimentos.

O nosso muito obrigado! Vamos fazer mais e mais actividades, com a vossa preciosa colaboração, claro!