É tempo de trabalho de campo

Os investigadores da Fraunhofer AICOS estão a trabalhar numa nova aplicação que será integrada no sistema SmartCompanion.

Temos na nossa equipa uma estudante da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto. A estudante está a fazer trabalho de campo, nomeadamente entrevistas com seniores, no âmbito da fase de estudos de utilizador. A estudante irá usar a informação recolhida para construir uma aplicação para smartphone e está a aplicar princípios de interacção humano-computador, especificamente para os seniores, uma vez que as interfaces desta app deverão ser simples e fáceis de entender pelo utilizador.

Esperamos testar o protótipo com os voluntários da nossa rede muito brevemente!

 

Fallsensing: avaliações de risco de queda e exercícios para prevenção de quedas

Temos mais notícias sobre o FallSensing. Este projecto que tem por objectivos desenvolver ferramentas para avaliações do risco de queda, monitorização e prevenção de quedas teve muitos desenvolvimentos nos últimos meses.

Os investigadores e os designers, juntos criaram novos jogos e não podiam esperar para os testar! Com a ajuda dos voluntários da rede de utilizadores COLABORAR, com certeza. Então, fomos a um centro de convívio cá no Porto e organizámos algumas actividades de investigação. Começámos com o recrutamento de participantes e depois aplicámos testes e questionários para avaliar o risco de queda de cada utilizador. Mais tarde, agendámos testes com os utilizadores no centro. As avaliações e os jogos foram ambos acompanhados por uma fisioterapeuta. Os investigadores tomaram notas de alguns detalhes relacionados com assuntos de usabilidade enquanto os seniores jogavam os jogos. Os investigadores também estavam a prestar atenção a questões relacionadas com o conforto dos sensores corporais que os idosos estavam a usar para captar os movimentos durante o jogo, permitindo assim avaliar a sua performance.

O feedback dos utilizadores foi óptimo, pois disseram que adoraram jogar em grupo com os amigos. Os sorrisos também indicaram que eles gostaram de jogar os jogos do FallSensing. A equipa não poderia estar mais feliz com o sucesso do FallSensing!

Visitas aos centros

Como habitualmente, estamos a fazer visitas aos centros e a desejar um excelente 2018 às pessoas que colaboram connosco nos vários projectos da Fraunhofer. Oferecemos lembranças, juntamente com o postal do COLABORAR.

Desejamos a todos um feliz ano novo. Que venha um ano de grandes testes, questionarios, investigação acerca do utilizador e assuntos de usabilidade.

Boas Festas!

xmas2017

Boas Festas para todos!

Com o aproximar do fim do ano, a equipa do COLABORAR faz uma revisão da sua prestação e planeia o próximo ano. Avaliamos o trabalho do último ano e os objevtivos atingidos, com destaque para o suporte aos projectos de investigação da Fraunhofer Portugal AICOS, através do recrutamento de utilizadores para as actividades de investigação; o COLABORAR também  providenciou um guia de ética em investigação e um manual sobre como conduzir actividades de investigação com utilizadores, contribuindo assim para a uniformização de procedimentos e para a promoção de recomendações de boas práticas. Estabelecemos também objectivos para o próximo ano. Planeamos melhorias e actualizações nas ferramentas informáticas que o COLABORAR usa para gerir os projectos e um novo questionário com os utilizadores da rede. E muitos testes e outras actividades de investigação!

Boas Festas da equipa do COLABORAR para si.

Aniversário do COLABORAR celebrado com os voluntários

P1000875

Foi uma tarde para celebrar o sucesso do COLABORAR.

A Fraunhofer Portugal AICOS organizou um evento para assinalar 6 anos de projecto. Convidámos um grupo de voluntários da rede de utilizadores COLABORAR e agradecemos a sua participação. Simbolicamente, era a todos os voluntários que participaram em actividades de investigação ao longo dos últimos anos que estávamos a agradecer. Destacámos a importância do seu feedback  sobre os nossos projectos e mostrámos as aplicações que desenvolvemos. Acima de tudo, aproveitámos este tempo para conversar com eles: diferentes gerações unidas pela investigação e tecnologia.

O COLABORAR agradece a todos os voluntários da rede de utilizadores COLABORAR!

Celebramos 6 anos do COLABORAR!

aniversario

Os investigadores gostariam de agradecer aos 1500 participantes como utilizadores nos testes e actividades de investigação centrada no utilizador da Fraunhofer nos últimos 6 anos. A sua participação e críticas são essenciais para a qualidade das aplicações que têm sido desenvolvidas na Fraunhofer Portugal AICOS.

Obrigado a todos os nossos Voluntários do COLABORAR!

Celebramos o Dia Mundial da Usabilidade!

usabilidade

O que é o Dia Mundial da Usabilidade?

O Dia Mundial da Usabilidade ou Dia de Fazer as Coisas Mais Fáceis é uma iniciativa que se celebra em todo o mundo na segunda quinta-feira de Novembro, desde 2005, este ano a 9 de Novembro. Este evento tem como objectivo destacar o contributo das pessoas que trabalham em investigação, desenho e avaliação da experiência do utilizador de produtos ou serviços.

O tema deste ano é “Inclusão através da Experiência do Utilizador”.

“Inclusão é uma condição complexa, que em si mesma não é fácil de harmonizar, pela diversidade individual e social, por exemplo, nas oportunidades de acesso à educação, saúde e trabalho. A tecnologia hoje em dia é cada vez mais poderosa e economicamente acessível, é um factor inegável de inclusão e crescimento, detentora de uma infraestrutura de oportunidades de participação e competências de desenvolvimento em muitas áreas. Mas se a participação é uma propriedade cultural, quais são as características da tecnologia que melhor podem ajudar?” (Campus Luigi Einaudi – Itália)

 

Para celebrar o Dia Mundial da Usabilidade, muitas organizações criam eventos para assinalar o dia. O COLABORAR aproveita esta oportunidade para agradecer a todos os participantes nos estudos de usabilidade da Fraunhofer Portugal AICOS, pois os utilizadores são imprescindíveis para a realização destes estudos. Para além, disso, gostaríamos de apresentar os membros da equipa de investigação de Interacção Humano-Computador da Fraunhofer Portugal AICOS.

IMG_1182_edit

Ana Vasconcelos

A Ana Vasconcelos é Engenheira Informática. Ela tem trabalhado em muitos projectos relacionados com a Usabilidade de Interfaces para o Utilizador na área das tecnologias para Ambientes de Vida Assistida para idosos. O seu foco tem sido soluções móveis para a saúde e bem-estar, acrescentando contributos para o sucesso de intervenções baseadas em tecnologias móveis.

Catarina Correia

A Catarina Correia é Designer de Comunicação. Ela normalmente trabalha na identidade visual, no desenho de interação, ou na comunicação dos projetos. Na maior parte das vezes trabalha em aplicações móveis ou dispositivos wearables.

Eduardo Pereira

O Eduardo Pereira é Designer de Interacção e Experiência do Utilizador. Ele trabalha em projectos relacionados com jogos sérios para reabilitação terapêutica, ou tecnologias para Países em Desenvolvimento.

Elsa Oliveira

A Elsa Oliveira é Designer de Comunicação. Ela está envolvida na criação de interfaces para o utilizador em projectos de jogos sérios para prevenção de quedas e exercício físico para idosos. Costuma trabalhar em vários aspetos dos projetos, desde o conceito inicial, até à comunicação final.

Francisco Nunes

O Francisco Nunes é Engenheiro Informático. Ele está responsável pela equipa de Interacção Humano-Computador, e dá por isso suporte aos investigadores nos diferentes projetos. A sua área de investigação está ligada sobretudo às Tecnologias de Auto-cuidado e Ambientes de Vida Assistida para idosos. Ele participa frequentemente em conferências internacionais.

Jorge Ribeiro

O Jorge Ribeiro é Designer de Interação. Ele tem estado envolvido em estudos sobre investigação acerca do utilizador e design de experiência para idosos, estando por isso um contacto regular com os idosos da rede COLABORAR.

Paulo Silva

O Paulo Silva é Engenheiro Mecânico. Trabalha no desenvolvimento de um protótipo para detecção automática de Malária, garantindo a sua viabilidade mecânica, e foca-se em estudos de usabilidade com o objectivo de garantir uma utilização universal do protótipo. Em adição ao foco pelo desenvolvimento de produto, as suas áreas de interesse são: inovação, modelação CAD e impressão 3D.

Ricardo Peixoto

O Ricardo Peixoto é Engenheiro Mecânico e Designer Industrial. Trabalha com a prototipagem de objectos em 3D para vários contextos, e tem um interesse especial por produtos desenhados para resolver problemas de usabilidade ao nível da motricidade fina e da destreza manual dos idosos.

Sílvia Rêgo

A Sílvia Rêgo é Enfermeira e a responsável principal da rede de utilizadores COLABORAR. Ela coordena os testes com utilizadores, através da organização de sessões de testes, recrutamento de participantes e agendamento de testes. Ela está também envolvida em assuntos relacionados com procedimentos de organização de testes de usabilidade, ética em investigação e submissão de estudos a comissões de ética.

Aplicação web do DActivPR para visualização da actividade física do utilizador testada

DActivPR

O Smart Companion , a costumização android para smartphones para idosos, permite a recolha de dados relacionados com a actividade física. De forma a proporcionar uma forma fácil e efectiva de analisar os dados recolhidos, foi desenvolvida uma aplicação web.

Depois, foram realizados testes com possíveis utilizadores finais para verificar que estes conseguiam recolher a informação relevante da aplicação de maneira fácil e efectiva. Os participantes responderam a um questionário sobre os hábitos de utilizadores pré-definidos do Smart Companion.

Este trabalho foi desenvolvido no âmbito da tese de mestrado “DActivPR – Ferramenta para Reconhecimento do Padrão de Actividade Diária“.

Testes do Cordon Gris

21558010_1503750276379964_5709436275584421085_n

A nova aplicação do projecto  CordonGris foi testada pelos investigadores da Fraunhofer Portugal AICOS com a participação dos voluntários do COLABORAR.

Esta nova aplicação para os idosos permite a criação de um perfil para cada utilizador, através da introdução de dados antropométricos, actividade física, preferências e restrições alimentares. Depois, a aplicação fornece um plano personalizado de refeições recomendadas para cada utilizador, de acordo com a informação introduzida. O sistema foi construído com interfaces amigas dos seniores, para que os utilizadores consigam utilizá-la facilmente.

Os participantes deram um excelente feedback sobre a app, pois consideram que esta pode ajudar os idosos a manterem-se saudáveis e independentes.

Dia Mundial da Alimentação celebrado com testes do Cordon Gris

IMG_3404

Por cá, o Dia Mundial da Alimentação foi celebrado com testes do protótipo da aplicação do Cordon Gris. O dia 16 de Outubro foi passado num centro de convívio para seniores no Porto, a testar a nova aplicação web que permite aos idosos ter acesso a planos de refeições, de acordo com as suas preferências e restrições.

20171017_144655