700 testes!

Entre testes de usabilidade e de validação, questionários, entrevistas e focus groups, chegámos ao n.º 700!
Obrigado a todos os participantes que disponibilizaram o seu tempo para colaborar com a Fraunhofer!

Novas Tecnologias no Centro de Convívio da Junta de Freguesia de Rio Tinto

20130718

 

Iniciámos a colaboração com o Centro de Convívio da Junta de Freguesia de Rio Tinto. Depois de termos apresentado o nosso projecto aos idosos, eles ficaram muito curiosos em relação ao nosso trabalho e de que forma poderiam ajudar-nos.

Então, tal como prometemos, voltámos ao Centro e passámos algumas tardes na companhia destes seniores.

A nossa ida ao Centro de Convívio coincidiu com as comemorações da Semana do Idoso, por isso, o ambiente era de festa! No final, para além de nos terem ajudado, ainda ficaram a saber utilizar algumas das funcionalidades de um smartphone.

Fim da 1.ª fase de testes de validação do Melanoma Detection

20130712

 

Após várias semanas, terminámos a fase de colheita de imagens para os testes de validação do protótipo do Melanoma Detection, uma aplicação para smartphone que permite a auto-monitorização de lesões cutâneas através da análise automática da imagem captada pelo smartphone.

Agradecemos a todos os pacientes que colaboraram e elogiaram o nosso trabalho!

Testes de Usabilidade do S4S

Estamos a iniciar mais uma fase de testes, desta vez do projecto S4S – Smartphones for Seniors, e durante as próximas semanas estaremos em alguns dos Centros de Dia/Convívio da rede COLABORAR. Esperamos contar com a preciosa colaboração dos seniores inscritos. Até breve!

O vídeo do COLABORAR

Para quem ainda não conhece e quer saber um pouco mais sobre o COLABORAR, aqui fica o vídeo que preparámos com a ajuda dos seniores que já fazem parte do COLABORAR há algum tempo.

Pedimos-lhes que falassem de como tem sido para eles a experiência de colaborar em projectos de investigação e a espontaneidade com que responderam e as palavras escolhidas demonstram bem o entusiasmo e ternura que caracterizam a interacção entre investigadores e participantes.

É com muito orgulho que partilhamos convosco este vídeo.

Testes do Dance. Don’t Fall!

20130531

 

Terminámos mais uma fase de testes do DDF! Durante três dias, estivemos num dos Centros que colaboram com a Fraunhofer e contámos com a participação dos idosos que frequentam este Centro. O DDF é um jogo de dança já conhecido de alguns idosos que participaram na fase de testes anterior, por isso, foi com muito entusiasmo que participaram novamente, desta vez como experts. Após explicarmos detalhadamente o funcionamento da aplicação e de exemplificarmos, chamámos à pista de dança dois idosos de cada vez, para jogar e competir entre si. O ambiente era de muita animação e boa-disposição!

Deixámos o jogo no Centro durante uma semana e no final realizámos um Focus Group e todos os idosos deram a sua opinião sobre o jogo, dificuldades e sugestões. A opinião foi unanimemente positiva e a maioria dos idosos defendeu que poderíamos colocar mais músicas e coreografias diferentes!

Para além da vertente lúdica e recreativa, o DDF tem uma componente muito importante: promoção da prática de actividade física e avaliação do risco de queda. Este conceito foi muito bem compreendido pelos idosos, que esperavam com muita expectativa pela avaliação de risco de queda fornecido pela aplicação no final de cada dança.

Para saber mais sobre o projecto DDF, clique aqui.

 

Apresentação do COLABORAR no Instituto Cultural da Maia

Esta semana as tardes foram reservadas à apresentação do COLABORAR no Instituto Cultural da Maia. O nosso projecto foi apresentado nas turmas de Teatro e Literatura e a todas as turmas de Informática. Os alunos ficaram muito curiosos relativamente a este projecto e expressaram a sua vontade de participar; da nossa parte, ficou a promessa de voltarmos a contactá-los em breve!

Início dos testes de usabilidade de projecto na área do Alzheimer

Iniciámos os testes de usabilidade com cuidadores informais de doentes de Alzheimer para a Tese de Mestrado STAlz: remotely supporting the diagnosis, tracking and rehabilitation of patients with Alzheimer’s. Os familiares de doentes de Alzheimer vão ajudar-nos a validar a interface da aplicação desenvolvida. Mais tarde, os doentes de Alzheimer (fase inicial) vão também participar nos testes de usabilidade.